J

  Artistas

oão Antunes

João Antunes começou seus estudos musicais em 1986 na Fundação de Educação Artística, quando tinha cinco anos de idade. Passou pelo piano e pelo violino, mas adotou o violão como seu instrumento. Teve formação e erudita e popular estudando com Rogério Bianchi, Beto Lopes, Fábio Adour, Ronaldo Cadeu, Toninho Horta e Juarez Moreira. Participou de workshops e masterclasses com Jeff Gardner, Fábio Zanon, Guinga, Itiberê Zwarg e Proveta, e estudou composição com Rufo Herrera, Lourival Silvestre e Kristoff Silva em Festivais de Inverno.

Já tocou ao lado de Juarez Moreira, Mauro Rodrigues, Flávio Henrique, Ian Guedes, Cid Ornellas, Rafael Martini, Leopoldina, Mestre Jonas, Alexandre Cardoso, Pedro Morais, Vitor Santana, Maurício Ribeiro, entre outros. Venceu o prêmio Jovem Instrumentista BDMG 2005, além de ficar entre os seis finalistas do Prêmio BDMG Instrumental 2006. Nas palavras do crítico José Domingos Rafaelli, acerca de sua apresentação no prêmio:

"Pelo que ouvimos nos três números do jovem João Antunes, prevemos que será um nome de destaque como compositor e arranjador. Em 'Fio da meada', descritiva e de caráter pastoral, extraiu uma expressiva sonoridade coletiva no seu arranjo para sexteto. 'Maracatu' destacou interessantes combinações de sons realçando os sopros (flauta e clarinete) em contraposição ao violão do líder, o inventivo solo de piano de Rafael Martini, desdobramentos temáticos por piano e violão e uma magistral intervenção de Daniel Pantoja (flauta) com passagens livres e ousadas evocando o genial Roland Kirk."

Foi finalista do Festival de Música Estudantil de Juiz de Fora em 2003 com uma composição em parceria com Rafael Martini e Alice Bicalho, e participou em 2005 de alguns shows do projeto Museu Clube da Esquina, ao lado de nomes como Tavinho Moura, Beto Lopes e Paulinho Carvalho.

Em 2005 fundou a Misturada Orquestra, uma orquestra de música popular dirigida por Mauro Rodrigues onde atua como compositor, arranjador, produtor, guitarrista e violonista. Faz parte da Banda dos Descontentes, que acompanha o cantor e compositor Pablo Castro, tendo tocado no Conexão Telemig Celular de música edição 2005, além de terem conquistado o 3o lugar no Festival de Música de Viçosa em 2005.

Em seu trabalho autoral, privilegia a música instrumental brasileira apresentando suas composições e alguns arranjos de obras de Moacir Santos e Hermeto Pascoal. Em sua formação, tem o violão acompanhado pelo piano, a bateria, o vibrafone, o contrabaixo, o clarinete e as flautas. João Antunes extraiu dessa formação uma expressiva sonoridade, alternando beleza e leveza com ousadia e força. O fio da música instrumental brasileira segue aqui renovado, com uma ponta na tradição e a outra no que há de mais singular nessa geração: o desejo de renovação.

Para contato e maiores informações: joaoantunes.joao@gmail.com
rebequinha.borges@gmail.com